Tuesday, 14 February 2017

Happy Valentine's Day

" Se eu tivesse a força que você pensa que eu tenho
Eu gravaria no metal da minha pele o teu desenho 
Feitos um pro outro
Feitos pra durar
Uma luz que não produz sombra "

Tuesday, 5 July 2016

" E a vida tem que seguir, eu sei

A gente tem que aprender com a última vez

A febre passa e a gente volta a ver

Que a vida é mesmo torta e o amor sempre volta

E mostra o que importa no fim "

Friday, 20 May 2016

Hoje é aniversario do Gabriel Zander, a primeira vez que eu escutei o nome dele, aliais, escutei o apelido, Bil, foi em uma musica de um projeto paralelo do Dead Fish, uma citação, logo depois um amigo me apresentou o Noção de Nada, então com muito custo minha mãe me deixou ir em um show, desses tantos tenho 2 preferidos, um no finado Back Jack, que meu amigo enlouqueceu de tanto pular e terminou a noite deitado na mesa de sinuca, e saia fumaça do corpo dele, e um ali na Augusta, Espaço Impróprio, e eu lembro como se fosse ontem, e isso foi em 2006/2007, depois disso fui em muitos shows do Noção, e quando eu ouvi a primeira vez Garçom, Sem gelo por favor, eu soube que o amor ia ser pra sempre, o nome desse blog tem haver com essa musica, aquele sambinha com guitarras é genial, e então começaram a aparecer as outras bandas desse menino, o Discoteque, o Deluxe Trio, e agora o Zander.
Tudo com qualidade, tudo lindo, e já se vão 10 anos que esse menino faz musica e nunca falta nas minhas playlists, certeza que o aniversario dele nada mais é que um presente,

Dificil Hoje é escolher a musica para terminar o post.



Wednesday, 13 April 2016

"Daily jobs can be so boring
Getting tired of working at night
Never thought it would be easy
Away from parents and home

But something still makes her eyes
Shine all night and day
And we know there are not many
Willing to follow their hearts

Paths cross in a strange way
And time was not so bastard in the end
Stay firm and the world will be yours
Or at least what matters, sweethear "

Let's live our dreams, we have so little time

When we renounce our dreams and find peace,’ he said after a while, ‘we go through a short period of tranquility. But the dead dreams begin to rot within us and to infect our entire being. We become cruel to those around us, and then we begin to direct this cruelty against ourselves. That’s when illnesses and psychoses arise. What we sought to avoid in combat – disappointment and defeat – come upon us because of our cowardice. And one day, the dead, spoiled dreams make it difficult to breathe, and we actually seek death. It’s death that frees us from our certainties, from our work, and from that terrible peace of our Sunday afternoons.”

"Quando renunciamos aos nossos sonhos e encontramos a paz - disse ele depois de um tempo - temos um pequeno período de tranquilidade. Mas os sonhos mortos começam a apodrecer dentro de nós, e infestar todo o ambiente em que vivemos. Começamos a nos tornar cruéis com aqueles que nos cercam, e finalmente passamos a dirigir esta crueldade contra nós mesmos. Surgem as doenças e psicoses. O que queríamos evitar no combate - a decepção e a derrota - passa a ser o único legado de nossa covardia. E, um belo dia, os sonhos mortos e apodrecidos tornam o ar difícil de respirar e passamos a desejar a morte, a morte que nos livrasse de nossas certezas, de nossas ocupações, e daquela terrível paz das tardes de domingo."

Vamos viver nossos sonhos, temos tao pouco tempo ... 

Sunday, 10 April 2016

" Batman: It's okay, I'm a friend of your son's.
Martha Kent: I figured. The cape."